Blog

Quando eu crescer quero ser um superalimento

A nossa nutricionista linda Roberta Thawana escreveu esse post MARA sobre os superalimentos e a sua influência na saúde. Adorem sem moderação!

…………………………..

Alimento funcional é aquele que contém substâncias biologicamente ativas que, ao ser incluído em uma dieta usual, modula processos metabólicos ou fisiológicos, resultando em redução do risco de doenças e na manutenção da saúde.

Baseado nesse conceito, o termo superalimento tornou-se uma palavra popular no contexto dos hábitos alimentares mais saudáveis, cuja composição nutricional confere vários benefícios ao corpo. O problema é que eles ganharam um status de ultra saudáveis e passaram a ser considerados como fonte de nutrientes milagrosos. Chia, óleo de coco, semente de linhaça, goji berry, spirulina, cacau nibs, maca pó, hemp protein, pó de camu camu e açaí estão na lista e suas propriedades nutricionais estão bem determinadas:

  • A chia é fonte de ômega 3, antioxidantes, fibras e aminoácidos. Boa fonte proteica, ajuda na conversão mais lenta de carboidratos em açúcar, auxiliando no controle da glicemia sanguínea.
  • O óleo de coco auxilia no bom funcional intestinal, redução de gordura abdominal, melhora a resposta imunológica e é um excelente antifúngico.
  • A linhaça contém ômega 3 e é fonte de magnésio, manganês, selénio, zinco, e vitamina B1. Fonte de fibras solúveis e insolúveis e nutrientes antioxidantes.
  • Goji berry, riquíssimo em vitamina C, antioxidantes e nutrientes que tonificam os rins e a visão.
  • A Spirulina é fonte de ferro, cálcio, magnésio, vitaminas do complexo B, auxilia no processo de destoxificação.
  • Cacau nibs, potente antioxidante relacionado à proteção do sistema nervoso e cérebro. Auxilia no combate os radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce.
  • A maca é nativa dos Andes, fonte de antioxidantes, é reconhecida por aumentar a resistência, reduzir a fadiga e melhorar o desempenho do organismo de forma geral.
  • Hemp protein é a proteína extraída do cânhamo, uma variedade da planta Cannabis sativa. Rica em magnésio, ferro e zinco; contém ácidos graxos essenciais como ômega 3 e ômega 6 na proporção ideal para manutenção do equilíbrio orgânico; e é uma das proteínas com maior teor de fibras.
  • O camu camu vem da Amazônia e possui uma quantidade significativa de flavonóides e antocianinas, substâncias com comprovada ação antioxidante, que inibem os radicais livres e o depósito de gorduras nas artérias. Rico em vitamina C, melhora o sistema imunológico, retarda o envelhecimento, ajuda a reduzir doenças crônicas e melhora a absorção de ferro.
  • E finalmente nosso conhecido e amado açaí, rico em flavonoides que ajudam na prevenção de doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, Alzheimer, devido ao seu grande potencial antioxidante. Além de ser uma ótima fonte energética.

Quinoa, chás, sementes, cúrcuma também são alimentos riquíssimos em nutrientes que ajudarão na manutenção da saúde e equilíbrio do organismo.

Vale reforçar que não basta ingerir um “superalimento” para se manter saudável. A ingestão nutricional adequada e o ótimo estado de saúde deve-se ao consumo de uma grande variedade de alimentos nutritivos, valorizando os princípios de moderação e harmonia de acordo com a individualidade bioquímica de cada um.

 

Deixe uma resposta

javaversion1
Warning: passthru() [function.passthru]: Cannot execute a blank command in /home/storage/0/71/17/adoraadora/public_html/wp-content/themes/wpex-adapt-child/footer.php on line 3